CRÔNICA DA SEMANA: QUEM QUER UM MILHÃO?

CRÔNICA DA SEMANA: QUEM QUER UM MILHÃO?

0 743
O autor da crônica com o "homem do milhão"

20160210_183951De repente, em algum canto de Rurópolis, do nada ele aparece pedalando a sua bicicleta carregando no bagageiro um isopor:

– Olha o milhão, milhão, milhão…

Falei:

– Que susto!

E ele, seriamente me disse:

– Doutor, o senhor não vai querer seu milhão?

– Não!

– Doutor, todo mundo quer um milhão.

Respondi:

– É verdade, quem não quer um milhão?

E ele:

– Olha o milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão.

20160210_183943E eu:

– Deus me livre! O senhor não cansa não? Parece uma metralhadora.

Ele:

– Doutor, faz parte do meu show. Há quatro anos que vendo milhão e nem me canso mais. Falo mesmo, chamo o povo para comer o milho até abusar a garganta e o ouvido alheio.

E eu fui tentar imitá-lo:

– Olha o milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão, milhão.

Depois disso, eu quase tive uma crise asmática. Quer tentar? Então, repete aí na tua casa, é parada cardíaca na certa.

20160210_184001– Doutor, faço uma promoção para o senhor. Vendo 1 por R$ 2,00 reais e 3 por R$ 5,00 reais. E aí, vai querer o milhão?

Eu:

– Não.

– Doutor, tá quente, mas está bom.

Aquela cena inusitada estava chamando atenção. Não é todo dia que alguém te para no meio da rua e oferece um milhão, e ainda você recusa.

– Doutor, na boa amigo, só tentando lhe convencer já vendi aqui quase todo o milho para o povo que se aproxima, afinal vai querer? Olha, todo mundo quer um milhão.

Laconicamente, respondi um sonoro não.

– Não.

– Por quê?

– Tomei açaí.

20160210_184353E quando eu vi o último milhão se foi e ganhei a crônica da semana.

-Ei, doutor não bata foto minha não, que vai estragar sua máquina.

– Milhão, vem logo aqui. Faz pose que já ganhaste a crônica da semana.

Ele:

– Ok. Eu quero um retrato com o senhor.

Eu:

-Outro dia, estou com a boca preta de açaí, não vai ficar legal.

Ele:

– Vai sim, tira logo esse retrato senão vou abusar nos seus ouvidos.

Ary VitalFoi quando me rendi e ainda com a boca preta de açaí acabei tirando um selfie. Satisfeito, o homem do milhão subiu na sua bicicleta e se foi, mesmo sem mais nada no isopor, anunciando pelas ruas o milhão, enquanto a noite caia. Sinceramente, eu me divertir muito e para ti José Alves da Silva te desejo, além de uma saúde de ferro, um MILHÃO de amigos, um MILHÃO de alegrias e realizações, um MILHÃO de vendas, um MILHÃO de bênçãos de Deus em teus caminhos a trilhar.

É…Quem não quer um milhão?

E finalizando:

Entre o real e o imaginário, entre a verdade e a fantasia aqui contada, o que nem eu já sei mais, encerro a crônica da semana. Um beijo à todos, fiquem com Deus e até semana que vem. Ary Vital Filho.