DESFILE NA COMUNIDADE PIÇARREIRA

DESFILE NA COMUNIDADE PIÇARREIRA

0 206
Prefeito Pablo Genuíno presente, hasteando o Pavilhão Nacional 
No dia 03 de Setembro de 2015 a Escola Municipal de Ensino Fundamental Marlene de Andrade realizou seu desfile alusivo ao dia 07 de Setembro “Dia da Independência do Brasil”.
Escola Municipal de Ensino Fundamental Marlene de Andrade
Tema: MANTER BOA INTEGRAÇÃO PARA CONSTRUIR MELHOR EDUCAÇÃO
A Escola Municipal de Ensino Fundamental Marlene Andrade foi construída em 1981, era chamada de Escola Estadual Mec/Seduc Km188-B anexada a Escola Eurico Valle, era direcionada pela (URE) Unidade Regional de Ensino, continha uma sala de aula, a 1ª professora foi a Sra. Guilhermina Mª Barros Mendonça, a modalidade de ensino era do pré a 4ª série, as turmas eram multisseriadas e funcionava nos turnos matutino e vespertino com uma clientela de aproximadamente 80 alunos.
Vale ressaltar que a partir de 1985 os alunos concluintes da 4ª série sofreram com a falta de escola na região que ofertasse o Ensino Fundamental maior.

Em 1989 a escola possuía 7 professores devido o aumento de alunos, então em 1992 a escola foi contemplada com o 1º pavilhão contendo duas salas, uma secretaria e uma cozinha. Mas somente em 1994 a escola foi agraciada com a 5ª série, com uma clientela de 50 alunos essa modalidade foi ofertada no turno da noite. Em 1997 a escola recebeu dois grandes presentes: A formatura dos concluintes da 8ª série e uma Kombi escolar, mas somente os alunos do turno manhã e tarde foram beneficiados com esse transporte.
 Em 1998, novamente por necessidade de salas, devido o crescimento do número de alunos foi construído o 2º pavilhão contendo duas salas. Em 2000 as escolas estaduais deixaram de ser administradas pela (URE) e passaram a ser administrado pela Secretaria Municipal de Educação de Rurópolis e neste mesmo ano depois da municipalização este estabelecimento de ensino passou a ser chamar de Escola Municipal de Ensino Fundamental Profª Marlene Maria de Andrade.
Hoje a escola Marlene de Andrade tem um quadro de 18 funcionários e 09 são ex-alunos.
Tem como Lema “Formar cidadãos preparados para o futuro, capazes de discernir o melhor para si e para a sociedade’.
No dia 03 de Setembro foi realizado com muita alegria mais um desfile em comemoração ao Dia da Independência do Brasil com o tema: “Manter boa integração para construir melhor educação”.
O desfile ocorreu no dia 03 de Setembro na Comunidade Piçarreira. Acompanhou a Escola Marlene de Andrade as escolas→EscolaSanto Antonio (Vicinal da Nicéia), Escola São João (Vicinal São João), Escola Jáder Barbalho (Vicinal do Igarapé preto) VEJA A MATÉRIA COMPLETA CLICANDO ABAIXO.


Informações e fotografias: Assessoria de Comunicação da PMR (Hadassa Freitas, Rodieks de Jesus e Gilberto Kiss).


Para ver em tamanho grande, clique em cima das fotos.

O 7 de setembro e sua importância
O Dia 7 de setembro de 1822 foi muito importante na História do Brasil, pois foi nesta data que o príncipe regente Dom Pedro proclamou a Independência do Brasil. Desta forma, ficou oficializado o rompimento do vínculo de dependência que o Brasil tinha com relação a Portugal. 
Dom Pedro vinha sofrendo forte pressão das cortes portuguesas para retornar para Portugal. A metrópole percebia que estava perdendo, aos poucos, o controle político do Brasil. As cortes portuguesas demonstravam forte interesse em recolonizar o Brasil, eliminando focos de resistência. A presença de Dom Pedro no Brasil atrapalhava estes interesses portugueses, porém o príncipe regente também sofria pressões da elite brasileira que estava ávida pela independência do país.

Na tarde do dia 7 de setembro de 1822, Dom Pedro estava em São Paulo, nas proximidades do riacho do Ipiranga, após retornar de uma viagem a Santos. Neste local, o príncipe regente recebeu uma carta de um mensageiro. Nesta carta, as corte portuguesas exigiam obediência às ordens portuguesas e seu retornou imediato a Portugal.  
Foi neste momento que Dom Pedro proclamou a independência do Brasil, com o famoso grito: “Independência ou Morte!”. O fato histórico ficou conhecido nacionalmente como “O Grito do Ipiranga”. 
– A viagem que Dom Pedro estava fazendo, no começo de setembro de 1822, a São Paulo tinha como objetivo resolver disputas políticas na província.
– Dom Pedro I foi aclamado imperador do Brasil, no Rio de Janeiro, em 12 de outubro de 1822. 
– Somente em agosto de 1825, com intermediação da Grã-Bretanha, Portugal reconheceu a independência do Brasil.